Início / Conteúdo / Se ligue nos links (6 de outubro)

Se ligue nos links (6 de outubro)

2) A Bloomberg Business Week noticiou como militares chineses implantaram um minúsculo chip de computador em placas eletrônicas de servidores usados por empresas como Amazon ou Apple.

3) Na New York Review of Books (NYRB), Christopher Browning analisa como o governo Donald Trump tenta desmantelar toda a estrutura criada depois do nazifascismo para proteger o mundo da ascensão de novos regimes totalitários.

4) Na Foreign Policy, Robin Simcox descreve a queda do líder trabalhista britânico, Jeremy Corbyn, por extremistas e revolucionários violentos. O Public Policy Past faz um resumo competente de como Corbyn mergulhou seu partido numa crise sem paralelo por não conseguir lidar com o antissemitismo institucional.

5) Na NYRB, o historiador Seth Anziska faz revelações inéditas sobre o contexto político que engendrou o massacre dos campos de refugiados palestinos de Sabra e Chatila, ao sul de Beirute, em 1982. Em rara entrevista à Tablet, o fundador do Hamas, condenado por atentados terroristas que mataram 120 pessoas em Israel, tenta explicar por que um acordo de paz não interessa nem a ele, nem ao premiê israelense, Bibi Netanyahu

6) O Counter Extremism Project documenta a identidade e a trajetória que levou à radicalização de 57 indivíduos atraídos por propaganda juhadista na internet em vários países, vários deles depois envolvidos em ataques terroristas.

7) Em entrevista à New York, Michael Lewis fala de seu novo livro em que analisa o governo Donald Trump e vê na proliferação nuclear e no setor de energia o maior risco de sua abordagem cética em relação às instituições globais.

8) Na Foreign Policy, Elisabeth Braw conta como a crise do transporte rodoviário e dos caminhoneiros também atinge vários outros países além do Brasil.

9) Em entrevista ao economista Tyler Cowen para o Mercatus Center, o cientista político português Bruno Maçães afirma que a Europa não está à altura da necessidade de integração com a Ásia por falta de “espírito de aventura” e explica por que ainda é otimista em relação ao Brasil.

10) Na Vanity Fair, Mark Seal narra a história do farsante que fingiu ser um príncipe saudita por 30 anos.

11) Na Areo Magazine, Helen Pluckrose, James Lindsey e Peter Boghossian expõem o escândalo com que chocaram o meio acadêmico, ao enviar 20 estudos fake para publicação em revistas especializadas de ciências humanas, dos quais 7 foram aceitos no processo de revisão pelos pares. No Quillette, cinco acadêmicos ensaiam respostas ao escândalo. Ainda na Areo, Pluckrose e Lindsay demonstram por que a política identitária pregada nas universidades não é uma continuação do movimento pelos direitos civis dos anos 1960.

12) No Guardian, Julian Baggini afirma que a filosofia ocidental é insuficiente para lidar com as maiores questões do mundo contemporâneo.

13) No GDay, o matemático James Tanton traduz vários problemas aparentemente complexos em linguagem simples que criou para facilitar a resolução, conhecida como método das “bolinhas explosivas”. Depois que você também estiver viciado no método, vale consultar as aplicações propostas pelo matemático Kiran Bacche em seu site.


Click aqui para acessar a notícia original


Veja também...

Mesmo com apoio da torcida, Vasco fica no empate com o Atlético-PR

Mesmo com apoio da torcida, Vasco fica no empate com o Atlético-PR  Zero Hora Torcedores do …

'O Sétimo Guardião': Sampaio inventa ser o guardião substituto do pai de Gabriel

Depois de Gabriel (Bruno Gagliasso), é a vez de Sampaio (Marcello Novaes) chegar a Serro …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *