Início / Conteúdo / Patinador desce a serra entre SP e o litoral em apenas 5 minutos; assista

Patinador desce a serra entre SP e o litoral em apenas 5 minutos; assista

Um vídeo que viralizou na internet registra o momento em que um patinador desce a Serra do Mar, pela Via Anchieta, entre o planalto e o litoral de São Paulo. Nas imagens, o homem desvia de carros, motos e caminhões. Apesar de o parceiro dele garantir que ambos estavam em segurança, a concessionária diz que a prática não é permitida.

A gravação mostra o trecho entre a serra e a chegada a Cubatão, já no litoral paulista. O patinador percorre a Pista Sul da Anchieta entre os veículos comerciais e de passeio e é escoltado por um amigo, também patinador, mas que está em uma moto de onde ele havia saltado momentos para iniciar o trajeto, realizado em cinco minutos.

“Nós dois somos experientes e sabíamos o que estávamos fazendo. Antes de fazermos a descida, percorremos por duas vezes para constatar que não havia problemas na pista ou então algum caminhão quebrado, o que é comum naquele trecho”, explicou o patinador Marcelo Longuinhos, de 42 anos, que pratica o esporte há uma década.

Segundo Longuinhos, que gravou as imagens, ele e o amigo integram um grupo de patinadores urbanos que estão acostumados a fazer passeios pela capital paulista, onde há ladeiras. “Eu já desci pela Imigrantes e dessa vez foi pela Anchieta. Sempre buscamos adrenalina. É uma grande emoção, mas tudo com bastante responsabilidade”.

Patinador desce a Rodovia Anchieta, em Cubatão, SP — Foto: Reprodução Patinador desce a Rodovia Anchieta, em Cubatão, SP — Foto: Reprodução

Patinador desce a Rodovia Anchieta, em Cubatão, SP — Foto: Reprodução

Marcelo é patinador nas horas de folga, mas trabalha como caminhoneiro. “A Anchieta é complexa pelos caminhões. Sabemos que é perigoso e arriscado, mas não fizemos a descida de uma hora para outra. Nos preparamos para que isso acontecesse com o máximo de segurança e tudo ocorreu conforme o planejado, sem problemas”.

Além do Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI), os patinadores já passaram pela Rodovia Fernão Dias e pela serra do litoral norte de São Paulo. “Sempre estamos em busca de algo novo, fazendo valer o esporte. Estamos agora estudando a serra de Trindade [no Rio de Janeiro] para fazermos a nossa próxima descida”, antecipa.

Segundo Longuinhos, não há legislação que o impeça de realizar a atividade. “Estamos assumindo a responsabilidade. Além de patinador urbano, também sou professor de patinação. Sabemos o que fazemos. Neste caso, o que não pode é caracterizar um evento, daí precisaríamos de uma autorização especial e até fechar a pista”, disse.

Apesar disso, concessionária responsável por administrar o SAI, criticou a atitude dos dois amigos. “A Ecovias condena qualquer comportamento ou ação que coloque vidas em risco. O fato ocorreu sem qualquer conhecimento ou autorização”, declarou a companhia, que informou que notificou a Polícia Militar Rodoviária para eventuais medidas.


Click aqui para acessar a notícia original


Veja também...

A época em que o Brasil barrou milhares de judeus que fugiam do nazismo

Direito de imagem Yad Vashem Image caption Moradores do bairro judeu em Chelmza, Polônia, país …

Uma transição democrática talvez seja possível na Venezuela – Istoe

Uma transição democrática talvez seja possível na Venezuela  Istoe “Maduro chefia um mecanismo de crime organizado”, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *