Início / Conteúdo / Gaeco faz operação contra criação de empresas de fachada para sonegar impostos

Gaeco faz operação contra criação de empresas de fachada para sonegar impostos

Batizada de Óxido, a operação teve a participação de agentes da Receita Estadual do Paraná e cumpriu cinco mandados de busca em Curitiba, Pinhais e Campo Largo, incluindo casas, uma empresa e um escritório de contabilidade, segundo o coordenador do Gaeco, Leonir Batisti.

Também foram expedidas três ordens judiciais para endereços de São Paulo e Região Metropolitana, com apoio do Gaeco da capital paulista.

De acordo com o Ministério Público do Paraná (MP-PR), durante o cumprimento dos mandados uma pessoa foi presa em flagrante por ter em casa munição irregular.

A investigação apura crimes de sonegação fiscal, falsidade documental e lavagem de dinheiro.

Entre os investigados estão três empresários suspeitos de criar empresas de fachada que absorvem débitos tributários de empresas que funcionam normalmente, sem gerar débitos.

Ainda segundo o Gaeco, as empresas de fachada são encerradas em pouco tempo, sendo substituídas por outras, que têm a finalidade de dificultar a cobrança de impostos.

Com esse esquema, essas empresas – que são do ramo de metais e recicláveis – conseguem ficar em dia perante a Receita Estadual e os credores, ainda conforme as investigações.


Click aqui para acessar a notícia original


Veja também...

Eleições 2018: Como votos em branco e nulos podem beneficiar Bolsonaro no 2º turno

Conquistar parte dos votos brancos e nulos é um dos desafios que o candidato à …

Homem é morto a tiros em Correntes

Na segunda-feira (15) um homem de 31 anos foi morto a tiros em Correntes, Agreste …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *