Início / Conteúdo / Corinthians faz três no primeiro tempo, goleia e avança com tranquilidade na Copinha – Meu Timão

Corinthians faz três no primeiro tempo, goleia e avança com tranquilidade na Copinha – Meu Timão

O Corinthians está classificado à terceira fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Com gols de Rafael Bilu, Roni, Nathan (dois), Gustavo Mantuan e João Celeri, o Timãozinho venceu o Porto, de Pernambuco, pelo placar de 6 a 0 na noite deste sábado, no estádio Novelli Júnior, em Itu, no interior paulista.

Maior vencedor da Copinha, com dez taças, o Timão necessitava de uma vitória qualquer para ir à próxima fase, pois se tratava de um duelo eliminatório. Agora classificada, a equipe do Parque São Jorge tem pela frente o Red Bull Brasil, que eliminou o Ituano nos pênaltis.

Data, horário e local do embate serão confirmados pela Federação Paulista de Futebol (FPF).

Leia também:
Ronald envia mensagem de apoio a Fessin e pede Corinthians focado na segunda fase da Copinha
Joia do Ituano, artilheiro da Copinha jogou no Corinthians até os 13 anos; conheça o garoto

Como jogamos

O técnico Eduardo Barroca promoveu três mudanças na escalação: Ronald, Rafael Bilu (ambos recuperados de lesão) e Nathan ganharam as vagas de Jordan, Fessin e João Celeri, respectivamente.

Assim, sob o esquema 4-2-3-1, o Timão começou o duelo com Diego, Igor, Ronald (capitão), Caetano e Lucas Piton; Du, Roni e Fabricio Oya; Janderson, Rafael Bilu e Nathan.

Estavam à disposição no banco de reservas: Guilherme (goleiro); Daniel Marcos (lateral-direito); Jordan (zagueiro); Rafinha, Adson e Gustavo Mantuan (meias); João Celeri (centroavante).

O Porto, por sua vez, foi a campo formado por Felipe Mota, Ricardo França, Hebert (capitão), Júnior e Edvaine; Pedro e Dani; Neto, Thailson e Everton; Caio.

Primeiro tempo

O Corinthians teve bastante dificuldade para criar chances ofensivas durante os primeiros 20 minutos. Isso porque o Porto havia feito o dever de casa e entrou em campo disposto a não ceder espaços à equipe alvinegra, um tanto lenta na saída de bola e até certo ponto pragmática.

Os pernambucanos usavam e abusavam dos contra-ataques, principalmente pelas beiradas do campo, estratégia que mantinha o sistema defensivo alvinegro em alerta no Novelli Júnior.

Ainda assim, o Corinthians era mais time e não demorou a abrir o placar. Aos 27, Roni avançou pela direita e cruzou rasteiro em direção à pequena área. O zagueiro Hebert afastou mal e entregou no pé de Rafael Bilu, que não desperdiçou a oportunidade, bateu de primeira e empurrou para o fundo do gol. Recuperado de lesão no tornozelo, o meia-atacante não conteve a emoção ao anotar o primeiro dele na Copinha.

A equipe de Barroca ampliou pouco depois. Roni, que já criara a jogada do gol de Bilu, recebeu no meio, ajeitou para a perna direita e finalizou forte, do “meio da rua”, marcando um golaço no interior paulista!

O triunfo parcial deu tranquilidade aos corinthianos na reta final do primeiro tempo. Melhor para: o goleiro Diego que, afora uma cabeçada fraca, não foi acionado antes do intervalo; e o centroavante Nathan, autor do terceiro gol, originado em jogada individual de Bilu pela esquerda.

Em entrevista na saída para o intervalo, o volante Roni explicou por que tem sido um dos artilheiros do Corinthians na atual edição da Copinha – ele chegava ao quarto gol, um por partida.

“É porque eu jogava de primeiro volante, então não saía muito, ficava mais na marcação. O professor Barroca me colocou nessa posição, procurei fazer meu melhor e estou pisando mais na área. Graças a Deus consegui fazer o gol”, disse o volante/meia corinthiano.

Segundo tempo

O Timãozinho voltou do vestiário com outra postura, aparentemente descompromissado, também porque sabia que era superior. Com sete minutos, por exemplo, Bilu tentou uma caneta no meio de campo e perdeu a bola; em seguida, Janderson deu passe desnecessário para trás e entregou fácil para um dos atacantes do Porto, logo interceptado por Ronald.

Curiosamente, mesmo sem merecer, o Corinthians chegou ao quarto. Du puxou contra-ataque pela esquerda e finalizou colocado, exigindo boa defesa do goleiro do Porto. No rebote, Nathan emendou voleio e anotou o segundo dele no jogo, para alegria da Fiel presente em Itu!

Confirmado o 4 a 0, o Timão passou a trocar passes no campo defensivo para fazer o tempo passar. Barroca, por sua vez, aproveitou a parte final da partida para promover mudanças na equipe. Adson, Gustavo Mantuan, Daniel Marcos, Rafinha e João Celeri deixaram o banco de reservas.

Aos 44 minutos, coube a Gustavo Mantuan aumentar a goleada alvinegra na quente noite de sábado. Ele aproveitou cruzamento vindo da direita e, de peixinho, anotou o quinto dos corinthianos no Novelli Júnior. Pouco depois, Mantuan voltou ao ataque e conseguiu pênalti a favor do Timão. João Celeri converteu e selou a vitória maiúscula! O Timão estava classificado à terceira fase!

Que venha o Red Bull!

Ficha tcnica de Corinthians 6 x 0 Clube Atltico do Porto

Competição: Copa So Paulo de Futebol Jnior
Local: Municipal Doutor Novelli Jnior, Itu, SP
Data: 12 de Janeiro de 2019 (sbado)
Hor&aacuterio: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Willer Fulgncio Santos
Assistentes: Diego Correia dos Santos e Robson Ferreira Oliveira
Gols: Roni, Rafael Bilu, Nathan Palafoz, Gustavo Mantuan, Joo Celeri (Corinthians)
Público: 8.281 pagantes

CORINTHIANS: Diego Riechelmann; Igor Marques, Ronald, Caetano e Lucas Piton; Du, Roni (Daniel Marcos) e Fabricio Oya (Gustavo Mantuan); Janderson (Rafinha), Rafael Bilu (Adson) e Nathan Palafoz (Joo Celeri).
Técnico: Eduardo Barroca

CLUBE ATLTICO DO PORTO: Felipe Mota; Ricardo, Hebert, Jnior e Edvaine; Pedro e Davi (Ado); Neto, Thailson e Everton; Caio.
Técnico: Gabriel Lisboa

Veja mais em:
Crnica, Corinthians Sub-20, Copinha e Base do Corinthians.


Post original click aqui.


Veja também...

Rapper Leo Thomas faz show no Pólvora Cultural deste domingo (20), em João Pessoa

O rapper e produtor cultural Leo Thomas faz show gratuito no Centro Cultural Casa da …

Acordo com Santos é fechado e Bruno Henrique será reforço do Flamengo – Terra

Volante Ronaldo, cria das categorias de base do Rubro-Negro, vai para o Peixe com contrato …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *