Início / Geral / Cidades do Sul de MG são inspiração para projeto de vídeos de turismo

Cidades do Sul de MG são inspiração para projeto de vídeos de turismo

As paisagens marcantes de algumas cidades do Sul de Minas inspiraram um grupo de amigos que trabalha com vídeos em Poços de Caldas (MG). Com produções de menos de 2 minutos, um publicitário e dois colegas encontraram uma maneira de mostrar os melhores pontos de cidades famosas na região.

Até o fim de fevereiro, quatro cidades do Sul de Minas tinham sido escolhidas como cenários do Projeto Trippers 706, como ficou conhecido. Fazem parte do Trippers o publicitário Fernando Assis, responsável pelos vídeos e pesquisa, o fotógrafo Daniel Reche e o piloto de drone Mário Vilela.

Os vídeos de Poços de Caldas, São Tomé das Letras, Andradas e Caldas ganharam destaque nas redes sociais, com centenas de comentários e compartilhamentos. O projeto foi feito para ir além de Minas Gerais, mas os criadores tiveram bons motivos para começarem as filmagens no Sul do estado.

Poços de Caldas (MG) foi a primeiro cidade de projeto em vídeo no Sul de MG (Foto: Reprodução/Youtube/Trippers 706) Poços de Caldas (MG) foi a primeiro cidade de projeto em vídeo no Sul de MG (Foto: Reprodução/Youtube/Trippers 706)

Poços de Caldas (MG) foi a primeiro cidade de projeto em vídeo no Sul de MG (Foto: Reprodução/Youtube/Trippers 706)

“O Sul de Minas é maravilhoso. Tem cidades incríveis, fantásticas, que muita gente não dá valor. Quando você fala, por exemplo, de Caldas, muita gente se pergunta o que tem pra fazer por lá. Com o vídeo, a gente mostra o material riquíssimo que tem por aqui”, explica Fernando Assis.

“Outra coisa é que o mineiro ama Minas, né? Tudo que gira de página, de vídeos, tem um engajamento muito forte. Porque o mineiro gosta de Minas, ele quer ver Minas”.

Foi Poços de Caldas, cidade onde o grupo de três amigos mora, a primeira a ser escolhida. Em 2015, o vídeo que se tornaria o primeiro do projeto foi ao ar. Feita em parceria com o departamento de turismo da cidade, a produção ganhou uma premiação no Festival Internacional Audiovisual de Cultura e Turismo e foi classificada para uma etapa na Itália.

A natureza, os pontos turísticos e manifestações culturais foram registrados com recursos como drones e câmeras de alta definição. O resultado foi mais de 200 mil visualizações.

“Aí a gente resolveu fazer um vídeo melhor de Poços e criar uma marca. Fizemos Poços, São Tomé, Caldas. Tivemos que parar um tempo por conta de outros trabalhos. E aí a gente percebeu que tinha viajado por várias partes do Brasil, tínhamos imagens lindas e decidimos voltar com o projeto em 2018. O primeiro lugar deste ano foi Andradas, com vídeo lançado no dia do aniversário da cidade”, conta o publicitário.

O gatilho para o grupo investir em um projeto diferente e profissional foi a visão limitada que, segundo eles, os próprios moradores têm sobre a cidade. “Quando a gente pergunta pras pessoas: ‘o que tem na sua cidade?’. Elas citam poucas coisas, as pessoas não conhecem as cidades delas. Esse sempre foi o intuito: mostrar o que ninguém vê, sabe? Era tentar instigar as pessoas a conhecerem realmente os lugares”.

Com a nova visão, nasceram os vídeos que mostram mais do que os lugares já conhecidos. As cenas são do alto de montanhas no pôr-do-sol, locais para trilhas, cachoeiras, diversão de pessoas. Tudo com um ritmo forte, com a combinação de boas imagens e edição.

As reações nas redes sociais surpreenderam o grupo. Os comentários mais comuns são de pessoas marcando os amigos na publicação e descobrindo novos lugares. “Quando uma amiga minha, moradora de Andradas, viu o vídeo ela disse: ‘nossa, Andradas é tão bonita, né?’ É partindo do orgulho das pessoas que o vídeo viraliza, que a gente consegue bons números, bons comentários, que é a nossa intenção. É o que tem acontecido em todos os materiais. Temos conseguido números incríveis de interação”.

Entre os materiais, os colegas destacam o vídeo de São Tomé das Letras. “É um vídeo imortal. Todos os dias alguém vai lá e curte, compartilha ou comenta. Todos os dias. Quando você vê, São Tomé sobe 10 mil visualizações em dois dias. É uma cidade imortal”.

O grupo explica que as produções começam a crescer com os compartilhamentos de moradores e chegam outros lugares, atraindo novos turistas.

A intenção dos amigos agora é ampliar a produção para um a dois vídeos por mês, com novos destinos, primeiramente em Minas Gerais. “É bacana oferecer um conteúdo turístico de qualidade para lugares que não têm. Você procura mega cidades na internet e não acha vídeos que te deem vontade de conhecer o lugar. Queremos erguer os lugares, fazer com que eles sejam mais valorizados”.


Click aqui e acesse a postagem original


Veja também...

Idoso é encontrado morto dentro de carro rodovia da Grande BH

A Polícia Civil investiga o assassinato de um idoso encontrado morto dentro de um carro, …

Blocos de BH já esquentam os ensaio esperando bater recorde no Carnaval

A pouco mais de 40 dias para o Carnaval, a folia já está invadindo os …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *