Início / Conteúdo / Adolescente é brutalmente assassinado em terreno baldio na Serra

Adolescente é brutalmente assassinado em terreno baldio na Serra

Paulo Rangel Neves Ricardo, de 16 anos, foi morto a pauladas na manhã deste domingo. Dois indivíduos foram detidos logo depois e confessaram o crime

Paulo Rangel Neves Ricardo, de 16 anos, foi morto a pauladas na manhã deste domingo. Dois indivíduos foram detidos logo depois e confessaram o crime

Foto: Reprodução

Paulo foi assassinado em um terreno baldio, na manhã deste domingo, em José de Anchieta

Um adolescente foi assassinato a pauladas, no final da manhã deste domingo (09), no bairro José de Anchieta, na Serra. Dois indivíduos, entre eles um adolescente de 17 anos, foram detidos e confessaram o crime. O outro detido foi Miqueias Mendes de Jesus Miranda, de 18 anos.

Paulo Rangel Neves Ricardo, de 16 anos, foi morto em um terreno baldio próximo à Rua Santa Catarina, por volta das 11 horas. De acordo com o delegado Ramiro Diniz, do plantão do Departamento Especializado de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a vítima foi atingida várias vezes na cabeça por uma ripa, que os criminosos encontraram no local. A arma do crime, até o momento, não foi localizada.

Ainda segundo o delegado, Paulo estava na companhia de um amigo, cada um em uma moto, trafegando pela Rua Santa Catarina, quando os dois se depararam com Miqueias e o adolescente de 17 anos, que cercaram a dupla.

O amigo de Paulo conseguiu fugir. Já a vítima ainda abandonou a moto e tentou fugir correndo em direção ao terreno baldio. No entanto, o jovem acabou se desequilibrando, caiu no chão e foi agredido até a morte pelos criminosos.

Os dois suspeitos foram detidos cerca de uma hora depois do assassinato. Eles foram localizados dentro de uma casa abandonada, no mesmo bairro.

O adolescente responderá por ato infracional análogo ao crime de homicídio e será apresentado à Justiça. Já Miqueias foi autuado em flagrante por homicídio e corrupção de menores, e será encaminhado para o Centro de Triagem de Viana (CTV).

De acordo com a polícia, a motivação do crime foi a guerra de gangues ligadas ao tráfico de drogas da região. Segundo Diniz, Paulo pertencia a uma facção criminosa e os dois detidos, a um grupo rival. O delegado não descarta a participação de outras pessoas no crime, o que será investigado pela Delegacia Especializada de Homicídio e proteção à Pessoa (DHPP) da Serra.

Ainda segundo Ramiro Diniz, Miqueias é investigado por envolvimento em um homicídio recente, ocorrido também em José de Anchieta. Já o adolescente detido tem passagem pela Justiça por roubo e receptação.

Com informações do repórter Paulo Rogério, da TV Vitória/Record TV


Click e acesse a postagem original